Buscar
  • Dr. Felipe Chediek

Pintas, manchas e o câncer de pele.

Como saber se eu tenho câncer de pele?




Existem diversos tipos de cânceres de pele, sendo o carcinoma basocelular o mais comum mesmo entre todos os outros tipos de cânceres que existem. E como qualquer lesão maligna, se for diagnosticado no início, ainda localizado, as chances de cura aumentam muito. Por isso, assim como o check up ginecológico para a mulher, o check up geral, conhecidos por todos, o check up dermatológico também é importante e permite tanto a prevenção quanto a cura precoce do câncer de pele. O tipo mais temido é o melanoma, o qual pode, se não tratado evoluir para metástase, ou seja, espalhar pelo corpo e até levar a pessoa a óbito.


Seguem algumas dicas da regra do ABCDE de como suspeitar de um câncer de pele:


A: Assimetria. Divida mentalmente a pinta na metade. Os dois lados dela são iguais? Se eles forem muito diferentes, já é o primeiro sinal de perigo;

B: Bordas. De novo, a chave é a regularidade. Se a pinta não tiver uma borda arredondada, bem delimitada, e se espalhar sem formato definido, também pode ser indício de melanoma;

C: Cor. As pintas que tem mais de uma cor ou são muito escuras também podem representar riscos.

D: Diâmetro. Pintas maiores que 6 mm podem estar associadas com melanoma;

E: Evolução. Se, com o tempo, a pinta evoluiu, ou seja, mudou de formato, tamanho ou cor nos últimos tempos, é hora de ligar para o dermatologista, nem que seja por desencargo de consciência.


O que o médico dermatologista irá fazer é uma avaliação dermatoscópica (utilização de uma espécie de "lupa") e, se encontrar sinais de malignidade pode requisitar uma biópsia para chegar a um diagnóstico preciso.


A prevenção mais importante é o uso do protetor solar diariamente, mesmo se não exposto diretamente ao luz solar, e com reposição de 3 a 4x por dia.


A hereditariedade também é um fator de risco importante para o câncer de pele, por isso se alguém da família teve, é importante fazer o exame preventivo regularmente.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo