Buscar
  • Dr. Felipe Chediek

Pintas, sinais, cistos, verrugas

É possível retirar? Como funciona?





Quando um médico olha para uma pinta, sinal, protuberância na pele, verruga, ele não olha somente para a área afetada, pensando: "vou cortar fora" e pronto, ele examina suas características e confere ele as junto ao quadro clínico atual do paciente, o histórico clínico, a área acometida, a profundidade, entre outras informações importantes para definir se é possível retirar, qual técnica deve ser utilizada na retirada e, se é necessário realizar algum exame complementar, caso ele desconfie de um câncer de pele, ou um cisto, por exemplo. Por isso é necessária a consulta, na maioria dos casos, antes da cirurgia.


Pessoal, quando falamos a palavra cirurgia estamos falando de procedimento MÉDICO, realizado em ambiente correto com material estéril, isso por diversos motivos, como conhecer os fatores de risco, as contraindicações, as complicações, ter aptidão suficiente para realizar o procedimento, saber evitar contaminação, entre outros. Isso é muito importante para a saúde do paciente no geral. Saindo do consultório o paciente ainda terá certos cuidados em casa, prescritos pelo médico.


Após diagnóstico, O médico dermatologista realiza as técnicas de eletrocauterização e pequenas cirurgias, se a área acometida for de um tamanho maior, se necessitar de enxerto no local, por exemplo, ele pode encaminhar o paciente para um cirurgião plástico.


Dr. Felipe Chediek é médico dermatologista. CRM-SC 26050 RQE 16772


Você também pode se interessar por ler sobre:






#pinta #verruga #sinal #cisto #pele #doençadepele #dermatologia #dermatologista

58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo