Buscar
  • Dr. Felipe Chediek

Probióticos: curiosidades


Bactérias!!!... quando falamos desses microorganismos logo temos em mente, pelo menos para a maioria, algo de ruim, associado a infecção ou algum prejuízo orgânico. Mas nem tudo que parece maléfico de fato é. Hoje retomo um tema que já introduzi aqui antes (contribui com uma matéria na revista Cláudia no final do ano passado), sobre os probióticos. Esses, são microrganismos vivos que conferem algum benefício para a saúde geral, como auxílio no sistema imunológico e da microbiota tanto da pele como do intestino, levando à preservação do equilíbrio do nosso corpo. Assim, os probióticos desempenham um papel benéfico não só no trato gastrointestinal, mas também no eixo intestino-cérebro-pele.

Já, na disbiose (desbalanço) intestinal, temos a composição microbiana alterada provocando alterações na mucosa intestinal, o que aumenta sua permeabilidade e reduz sua seletividade na absorção de toxinas, bactérias maléficas e proteínas. Isso contribui para a inflamação local e ou sistêmica. A composição microbiana alterada tem sido relacionada com inúmeras doenças devido à redução da imunidade e estímulo a processos inflamatórios, além de doenças autoimunes, depressão, ansiedade, desconforto e inchaço abdominal, sobrepeso. Sem mencionar as alterações dermatológicas como urticárias, dermatite atópica, dermatites variadas e acne.

Na foto um exemplo de probiótico, o Kefir.


#probioticos#microbiologia#microbiotaintestinal#balneariocamboriu#floripa

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo